title1.gif

Urgente Greve Auditores da Receita Federal do Brasil

Urgente Greve Auditores da Receita Federal do Brasil
Prezado Cliente:
Diante da iminente possibilidade de paralização por tempo indeterminado dos auditores da Receita Federal, também fiscais aduaneiros, programada para os próximos meses nos aeroportos, portos e fronteiras, sentimos a obrigação de alertar nossos clientes, informando os possíveis transtornos que esta situação de greve possa acarretar.
Como acontecido em anos anteriores, a demora para liberar cargas de importação, além de aumentar sensivelmente os custos, devendo pagar importantes adicionais por armazenagem e demurrage; o principal transtorno será a falta temporária de determinados produtos, insumos industriais, matérias primas e/ou mercadorias para comercialização. Conseqüentemente, paradas de produção, não atendimento de c ontratos, aumento de custos, falta de faturamento, perda de clientes, etc.
Apesar de não poder estimar ainda, o grau da paralização e a inicidência negativa na liberação das cargas, mesmo que sejam atendidos os mínimos recursos obrigatórios por l ei, recomendamos adiantar compras e/ou embarques previstos, desde agora e até final de outubro, mantendo inclusive estoques maiores, que atendam um periodo mínimo adicional de 15 dias.
No caso das exportações, onde entendemos que o risco seja menor, da mesma forma devemos ficar alertas.
Onde, como e quanto for possível, tentar adiantar a disponibilidade dos lotes e também os trámites dos processos em uma semana, evitando assim perder eventuais embarques programados e confirmados.
Através do no nosso site www.pibernat.com.br e do newsletter, estaremos informando de forma permanente as ocorrencias nos diversos locais onde estamos presentes, assim como eventuais planos alternativos que por ventura surjam e sejam aplicáveis.
Atenciosamente,
Prezado Cliente:

Diante da iminente possibilidade de paralisação por tempo indeterminado dos auditores da Receita Federal, também fiscais aduaneiros, programada para os próximos meses nos aeroportos, portos e fronteiras, sentimos a obrigação de alertar nossos clientes, informando os possíveis transtornos que esta situação de greve possa acarretar.

Como acontecido em anos anteriores, a demora para liberar cargas de importação, além de aumentar sensivelmente os custos, devendo pagar importantes adicionais por armazenagem e demurrage; o principal transtorno será a falta temporária de determinados produtos, insumos industriais, matérias primas e/ou mercadorias para comercialização. Conseqüentemente, paradas de produção, não atendimento de c ontratos, aumento de custos, falta de faturamento, perda de clientes, etc.

Apesar de não poder estimar ainda, o grau da paralisação e a inicidência negativa na liberação das cargas, mesmo que sejam atendidos os mínimos recursos obrigatórios por lei, recomendamos adiantar compras e/ou embarques previstos, desde agora e até final de outubro, mantendo inclusive estoques maiores, que atendam um periodo mínimo adicional de 15 dias.

No caso das exportações, onde entendemos que o risco seja menor, da mesma forma devemos ficar alertas.
Onde, como e quanto for possível, tentar adiantar a disponibilidade dos lotes e também os trámites dos processos em uma semana, evitando assim perder eventuais embarques programados e confirmados.

Através do no nosso site www.pibernat.com.br e do newsletter, estaremos informando de forma permanente as ocorrencias nos diversos locais onde estamos presentes, assim como eventuais planos alternativos que por ventura surjam e sejam aplicáveis.

Atenciosamente, 

Comissária Pibernat Ltda.